Mensagem aos Cabacenses


MENSAGEM DO EXECUTIVO

A freguesia de Cabaços saúda todos os que visitam a nossa página.

 

Ao longo da nossa história a Freguesia de Cabaços teve e tem grandes responsabilidades com a comunidade Cabacense e com a região, por isso, e desde já a nossa primeira palavra vai para todos quantos já contribuíram para o bem da nossa gente, falamos de todos os nossos antecessores na Junta e Assembleia de Freguesia, assim como todos que mais ou menos envolvidos contribuíram para o desenvolvimento do património religioso que temos, referimo-nos a todos os membros vivos e já falecidos que na Comissão do S. Torcato já trabalharam, temos ainda de referir e agradecer as iniciativas da associação Centro de Solidariedade Cabacense, que contra todas as dificuldades, iniciou a actividade de apoio domiciliário.

.
É com grande prazer, dedicação e responsabilidade que procuramos dirigir esta freguesia, com vista o interesse geral e bem-estar dos cabacenses.


Esta autarquia, no espaço geográfico e social, onde está situada, tem vindo acompanhar as actividades sociais que na nossa região estão a descoberto de instituições particulares de solidariedade social e assim contribui para que o CSSC realize essa tão nobre missão.


No seu projecto autárquico, pretende fazer desabrochar a freguesia e garantir a referida qualidade de vida, promovendo as pessoas, entidades particulares que ocupem o seu lugar na comunidade, a nível social (crianças, jovens e idosos) desportivos, cultural e religioso.


Assim, coordena a sua acção no sentido de que todas as formas de actuação adequada a população de Cabaços se possa afirmar na região e principalmente no concelho, estando ao lado de todos, sendo um elo de unificação e dialogo, para podermos garantir um futuro como freguesia, forçando iniciativas de desenvolvimento da freguesia.


É neste sentido que se pretende promove o diálogo e podermos garantir que mais jovens se fixem na freguesia, tendo já sido sugerido por esta freguesia e ratificado pela Assembleia alterações ao PDM para permitir investimentos a novel urbano e permitir a construção de casas a jovens casais Cabacenses

.
Dado que as competências dos órgãos autárquicos são limitados em grande parte das áreas sociais e sem peso político uma freguesia como a nossa só com grande arte e rigidez no plano orçamental pode no curto espaço de tempo, realizar e por em pratica as ideias e expectativas do povo.


Assim, ao longo dos tempos, estamos certos que a aplicação do programa e actividade levadas a cabo, não têm ou tiveram, apenas uma motivação passiva, mas pelo contrário, será activa com vista a estimular outras vertentes na nossa sociedade.


É neste triângulo – povo, entidades e freguesia que fundamentamos o nosso trabalho de modo a desenvolver uma verdadeira comunidade.